Category Archives: Pra ouvir de capacete

GARGANTA – LP de poesia falada

A poesia tem essa lua de se reinventar sempre (mesmo que a mudança seja para igualzinho a como era antes).

Era recorrente, em meados do século passado, pequenas gravadoras lançarem LP’s de poesia falada. Os próprios poetas (ou atores convidados) recitavam os versos a serem gravados, prensados e vendidos nas lojas junto a discos de música.

A sensação é muito louca, ouvir a voz áspera de um já velhinho Manuel Bandeira; a pronúncia monocórdia de Carlos Drummond de Andrade. A transposição das palavras do papel para o alto-falante, o fôlego e o timbre de cada poeta, confere uma dimensão corporal à poesia. …Continue lendo>>>

Cumbia, un sonido novedoso

Para uma experiência multi-sensorial, leia ouvindo:

O trabalho da Piti veio até a mim de forma muito aleatória. Eu estava em Ilha Grande, tomando um drink de fim de tarde, quando de repente uma hermana puxou papo comigo. Ela era produtora de cinema experimental em Buenos Aires e logo a gente já estava falando de festas no Rio. Segundo ela, uma amiga sua estava produzindo um evento imperdível naquele fim de semana: O Saudades de Cumbia. …Continue lendo>>>