Coletivo Hortação quer mais verde nas escolas do RJ

Acreditando que é possível levar educação através da agricultura urbana, nasceu o coletivo Hortação, criado pela gestora ambiental e mestre em Ciências, Mirian Teresa Martins. O grupo desenvolveu o Projeto Educando com a Horta Escolar, que quer fazer a criançada colocar a mão na massa, ou melhor, na terra, em escolas públicas, onde normalmente os pequenos infelizmente não têm acesso a este tipo de estrutura.

A ideia já rolou em algumas escolas do Rio de Janeiro, mas, agora o coletivo busca apoio coletivo para expandi-lo e tornar o projeto acessível a cada vez mais crianças, levando atividades de plantio, vivências sobre alimentação orgânica e agricultura familiar.

A contribuição é feita através do “Eco do Bem”, mais uma plataforma brasileira de financiamento coletivo. O orçamento para a proposta chegou ao valor de R$ 8.500, que precisam ser arrecadados durante os próximos 35 dias. Caso a iniciativa não alcance o objetivo, a verba é devolvida aos doadores.

Além do Hortação instalar hortas nas próprias escolas, o coletivo vai quer organizar visitas monitoradas para que os estudantes conheçam os espaços de plantios dos agricultores urbanos e entendam qual é o caminho que o alimento percorre da terra até a mesa.

Pra não deixar essa ideia boa morrer, dá uma passada na página deles no Facebook e no perfil do projeto no Eco do Bem.  As doações variam de R$10 até + de R$1.000 e contam com um monte de recompensas legais, além de claro, poder ajudar o projeto a sair do papel.

via.

The following two tabs change content below.
Bruna Messina

Bruna Messina

Não curte futebol, mas joga nas 11. Redatora, Roteirista, Analista de Mídias Sociais, Produtora e Phd em deboche e ironia.
Bruna Messina

Latest posts by Bruna Messina (see all)