Mind The Gap

Dalston Yard – O mercado noturno de londres

Essa é a primeira matéria da coluna Mind The Gap, que ao pé da letra urbana significa Se Liga no Vão. O conceito da coluna não é ser um guia de viagem e muito menos um diário de bordo. Mas sim, um sketchbook, um rascunho, um borrão, aquele pinguinho de tinta que pode virar uma gaivota no céu (ou não), onde o leitor é o artista final, é o sujeito, e o predicado é nosso. Aqui iremos falar especificamente da cidade de Londres e seus arredores, o que rola naquele vão entre um lado do mundo e doutro. Captar essa atmosfera heterogênea através de palavras, imagens, sensações, gestos, gostos, desgostos, dessa cidade paradoxal que ainda tem rei e rainha, onde os carros andam do “lado errado” da rua. Presenciar o lugar que testemunhou a minissaia de Mary Quant; que deu passagem para os meninos de Liverpool e sua Abbey Road; transitar no cenário do legendário Jack The Ripper (ou Jack, o Estripador). Enfim, estar dos pés a cabeça em Londres, esse lugar onde burcas e hotpants se encontram numa bela dança urbana, tendo a trilha sonora dos notáveis headphones de seus transeuntes. Um espaço que é um só, mas que acima de tudo é de todo o Mundo.  Seja bem-vindo, você está em Londres.

Dalston Yard_2

Nosso primeiro destino é o Dalston Yard Street Feast que rola, infelizmente, só nos dias de verão, isso é, apenas 3 dias. Brincadeirinha. O Street Feast rola todas as sextas e sábados de maio até meados de setembro, é primeiro mercado noturno de rua aqui de Londres e cada ano sua localização muda, mas a filosofia é sempre a mesma: ocupar e repaginar estacionamentos, cervejarias abandonadas, armazéns e antigas estações de metrôs.

Dalston Yard
Dalston Yard
A ideia essencial é trazer para a noite a atmosfera dos famosos street markets diurnos que geralmente rolam das 9h as 17h. E como todo street market londrino, o foco não é apenas comprar o mel orgânico de chestnut e as flores da estação, mas além disso, o plano é ser visto, mesmo que você não conheça ninguém.

Dalston Yard
Dalston Yard

O Street Feast é a grosso modo, a união de várias trucks e barracas de comidas e bebidas. No time das comidas o mundo culinário se encontra aqui: tailandesa, indiana, mexicana, italiana até hambúrgueres de lagosta estão nessa seleção gastronômica urbana. Já na equipe das bebidas o clássico pint de Ale (uma espécie de cerveja feita com uma fermentação diferente e com um gosto mais amargo, e sim, é uma delícia) está mais do que presente. Além dos deliciosos frozens de tequila e os drinks com coco (de verdade) e rum.

Dalston Yard
Dalston Yard

O dresscode do Street Feast é: seja você mesmo, porém quanto mais original, melhor. E fique a vontade ao conceito de original, porque como diz o ilustre dândi Oscar Wilde: “Be yourself; everyone else is already taken” (seja você mesmo; todas as outras personalidades já tem dono). Resumindo, a ida a Dalston Yard é válida, e ser visto e olhar nunca tirou pedaço, a não ser que seu objeto de desejo seja um hambúrguer, aí eu não garanto nada.

Dalston Yard Street Feast
Horário: de 17h as 00h, sextas e sábados (até 27 de setembro de 2014).
Endereço: Hartwell Street, E8 3UD – Londres, Reino Unido.
Barganha: de graça até as 19h, após 3 libras

The following two tabs change content below.
Carolina Gatto

Carolina Gatto

é carioca de nascença e viajante por natureza. Gosta de ver o mundo por muitas janelas sejam elas físicas ou imaginárias. Atualmente mora em Londres. Adora grafite, fotografia, moda de rua, doce de leite, barganhas em brechó, e muitas vezes já pensou em trocar seu reino por uma coxinha.
Carolina Gatto

Latest posts by Carolina Gatto (see all)