Tag Archives: funk

Na Batalha do Passinho

Comigo! Tchutchá tchá tchum tchum tcha, tchum tchum tchá!

Dia 31 de maio de 2015 entra pra história. O Festival Internacional de Danças Urbanas Rio Hip Hop Kemp, vulgo H2K baixou com a quinta edição no Rio de Janeiro no suingue do passinho. O Teatro Municipal abriu pela primeira vez as portas para o funk e deixou ele entrar com tudo: muito estilo, emoção e calor. Ah, ele entrou de bermuda também! O H2K vem desempenhando um papel fundamental na vida dos meninos e meninas que sonham e acreditam ser possível viver da dança criada nas ruas. Com toda dificuldade e resistência, uma grande parte desses dançarinos urbanos tem desbravado e rompido com as barreiras do preconceito social, racial. Exemplo emblemático foi a Cia Na Batalha, formada há um ano, atualmente com 10 dançarinos de passinho, jovens de 16 a 22 anos que brilharam no último domingo no palco do Municipal. Sim, eles brilharam! Cada vez que eu esbarrava em um deles era contagiada com a felicidade, sorriso arreganhado e muita festa. …Continue lendo>>>

Marcio Oliveira e seu trompete “ENCABEÇANDO” seu primeiro disco solo

Sabe quando a expressão “juntar a fome com a vontade de comer” encontra a sua forma mais perfeita? Assim foi ao abrir o “feicebuqui-nosso-de-cada-dia” e me deparar com uma suculenta convocação dos amigos da SerHurbano para colaboradores em seu site. Vi ali a chance de matar a eterna fome de escrever sobre o que mais amo na vida: música. Dedos famintos resolveram cair de garfo e faca nessa, e, assim, sem pestanejar, me ofereci de bandeja.

Com o desafio aceito de ambos os lados, estreio neste espaço para degustarmos o que há de melhor no vasto cardápio da música universal, sem restrições a gêneros, ritmos e temperos, e desde já escancarando a casa para novos sons, novas propostas e, por que não?, novas receitas. Só assim, acredito, podemos provar a música como prato principal nos seus mais variados sabores. Bom apetite! …Continue lendo>>>

AMARÉFUNK – O Funk como cultura e resistência no Complexo da Maré

Antes de ser ocupada pela UPP, a Maré vai receber uma verdadeira ocupação cultural e fincar a bandeira do Funk na comunidade. Muito além da batida contagiante,  o ritmo carioca vai ser o tema do evento “AMARÉFUNK”. que quer discutir o movimento em uma região que ainda vive os limites do público “morro e asfalto”. O trocadilho que batiza o nome do evento foi inspirado no trabalho do artista plástico Marcos Chaves, que imprimou na comunidade as frases que ficaram nacionalmente conhecidas: “AMARÉ SIMPLES, AMARÉ COMPLEXO”.

amaréfunk-funk-serhurbano

…Continue lendo>>>